sábado, 5 de setembro de 2009

Estilhaços de mim...


Um parapeito que se revelou perfeito...
Um caminho que se perdeu do destino...
Uma rábula escondida na mais pura fábula...
Um mundo sem fundo...

Rostos que revelam semblantes carregados,
Corpos que se encontram de espinhos cravados,
Almas que pedem presentes sonhados...
Um mar sem ondas por agitar....

Ventos que levantam folhas,apagam as escolhas,
Uma pequena aresta na mais pura esfera....
Subtilezas afogadas pelas ferozes presas,
Um desespero por quem não espera...

Um copo meio cheio? Ou meio vazio?
Prefere-se sempre o lado sombrio...
O mais fácil? Ou o menos trabalhoso? O mais frágil?
Começo a sentir o frio...

Fraquejo a cada queda, nelas me revejo...
As forças abandonam-me e largam o sorriso...
As quimeras que outrora sonhei,delas nada ganhei...
Julguei-me Fénix,bela a renascer das cinzas...
Quantos pecados...Quantas cobardias...

A Soberba...Tinha a certeza...
Que o mundo iria ser meu...
Pecado esse que agora morreu...

18 sonharam comigo...:

Luciana disse...

Oi sou amiga da Kotta e vi teu Blog e como gosto de conhecer Blogs vim conhecer o teu muito bom vou ser tua seguidora.
Bjs e um excelente sábado

Kotta disse...

Estou a estranhar um pouco a sua poesia, não que não goste, mas acho-a um pouco mais sofrida,conheço-a pela sua boa disposição e pela maneira fácil de rir. Bjos

lia disse...

Que força extraordinária se revelou necessária para se sentir desta forma a necessidade de mudar de rumo, mesmo que não haja outro rumo que se esboce. Um arrepiar de caminho...

"Ah, que ninguém me dê piedosas intenções!
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou
- Sei que não vou por aí!"
do poeta José Régio

André Couto disse...

Imagino-te dizer este poema ao mundo debruçada da tua janela, onde sentes o vento, vês as folhas, observas os rostos e recordas o mundo através do filtro dos teus olhos.
Não desistas de ter o mundo.
Ele nunca te pertencerá mas conquistarás mais espaço, mais vistas e mais pessoas do que se te reservares ao quarto onde guardas a alma.

Beijinho.

Antonio saramago disse...

Eu dou-te os Estilhaços, sua MALUCA!!!!
Sei que o Sonhos é onde descarregas os teus Sentimentos, as tuas angústias, mas não da forma triste como o estás a fazer agora.
Queres que eu vá aí dar tau-tau...queres?
Parece-me bem que a engolis-te água salgada.

Moonwisher disse...

Mais um texto... daqueles...
Muito bom, como sempre... sentido!
Vim só deixar um bj e dizer que tens um "miminho" no meu blog.
Bj graaaaaaaande!

Moonwisher disse...

Mais um texto... daqueles...
Muito bom, como sempre... sentido!
Vim só deixar um bj e dizer que tens um "miminho" no meu blog.
Bj graaaaaaaande!

Å®t Øf £övë disse...

Temos que saber viver inteligentemente neste mundo cada vez mais cruel, porque se não o soubermos fazer apenas estamos a sobreviver.
Bjs.

Milésimo disse...

Deus deu-te vários dons...
Saber escrever assim não é para qualquer um. Ao ler, fiquei com a ideia que foi escrito no meio de pequenas lagrimas.

Força amiga

Bjs

sonhos/pesadelos disse...

Luciana,
obrigada pela visita e vindo de onde vens,é um privilégio!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Kotta,
tanto sorrio como choro,como qualquer um de nós... grata pelo seu carinho imenso.
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Lia, a vida mostra-nos caminhos mais tortuosos por vezes mas necessários de igual forma.
bjs endiabrados em ti linda

sonhos/pesadelos disse...

André, saudades de ti miau... mudar o mundo nunca poderemos mas se mudarmos o nosso já é igualmente importante.
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

António, água salgada? mais ácida.. loool
logo volto ao algodão doce pronto!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Moonwisher, já estava pronta a partir-te a lua à cabeçada!! onde andas pá? looool
se o mimo é o escrito... speachless!!!!
bjs endiabrados no teu ser

sonhos/pesadelos disse...

Art Of Love, nem sempre a inteligência por si só resolve.. mas ajuda sem duvida!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Milésimo, gostava de acreditar nesses dons... e foi sim, nem sempre se pode sorrir o tempo todo,ajuda a cicratizar a alma.
bjs endiabrados

Anjo Negro disse...

Mas o mundo é todo teu, não é soberda nenhuma ...
Eu dou-to todo numa bandeja de ouro e prata, já que as tuas palavras são diamantes, rubys e safiras de tanta beleza ...
Beijos minha linda do teu Anjo Negro

Enviar um comentário