quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Sou vida...a tua...a minha...

Estás seguro? Tens a certeza?
Vamos sentir a força da Natureza...Pronto anjo?
Junta as tuas asas ás minhas,cubro-te no meu manto,
Não vou esquecer nenhum canto!
Queres ver como sou?O que sou?
Sou movimento, a destreza do vento,
A força do mar, o que nunca vai parar....
Sou pensamento, liberdade, o fundamento, a verdade,
O sabor da vida,a que dá a tantos alegria...

Serei eu isso tudo? Ou criatura do mundo?
Os dois! Ontem, hoje,agora e depois...
Serva do mundo,do escravo, da rosa e do cravo,
O que na carne se entranha...Sou quem foi e quem venha,
Sou tapete sem comando,ao mundo me dou e dele venho...


Sou o que sinto,nele me perco e dele me pinto,
de cores que só eu vejo,as de imortal!
Velozes na mente,quentes no presente,
Presa por convenções, tiranos ou patrões,
mas livre no pensar! E como é bom voar...

Sou letras que estrapolam o que outros enrolam,
Vontade, sorriso,o de que o mundo é feito,
Sou qualidade versus defeito,
Sou livre...em pensamento..em viagem...
No meu tapete sou a pura miragem,
Sou dança,sou mulher, sou criança,
Sou gota de água que se perde na tua mágoa....
As que guardo para mim e não partilho,
Sou anjinho sem direito ao seu caminho...

Sou névoa que se esconde trémula,
Carência num mundo de complacência,
Sou ar... Puro, invisivel,posso flutuar, imprevisivel,
Sou fruto do meu mundo....O que eu mesma cultivo,
Nele tudo brilha,tudo tem a sua conquista e partilha,
Aqui posso, neste posso, a fantasia é minha...
Mas vejo que nada tem valor....Que dor...
Mundo de fadas ou de tapetes voadores,
de grandes mestres e imperadores,
de nada servem sem mentores,
Num mundo mudo....Inócuo...Sem cores...

E nisto fico...A eles me confino...Me resigno...
Mais uma vez o meu tapete apenas voa em mim...
Mas quero morrer a ser assim...
Sonhadora de coisas grandes, importantes,
Hoje, num dia normal, onde se mostraram como ficaram,
como a existência os criou, a cruez ditou,
Hoje imagino-os como nunca foram antes...
Antes hoje que ainda as posso sentir
do que o dia que não sei o que vem a seguir....

19 sonharam comigo...:

Milésimo disse...

Noto uma grande mudança no teu estilo de escrita.

Será um ponto de viragem?
Alcançaste a tua margem?

Admiro a tua escrita.

Bjs

sonhos/pesadelos disse...

Milésimo,a minha escrita em nada se assemelha à tua que tanto prezo e guardo como tesouro que a vida me mostra como brilhante,sabes disso!a minha por seu lado é volátil,tanto como o pensamento a permite ser...
bjs de admiração

KOTTA disse...

Uma escrita que varia conforme o vento umas vezes forte outras suavemente. Assim eu a vejo e admiro. Bjs

lia disse...

"Sou quem foi e quem venha"
Só quem sabe viver assim, tem a força anímica necessária para simplemente "ser".
Amei o poema. Uma definição de quem és... se é que as palavras te fazem justiça...

Antonio saramago disse...

Pois é...
Se está de Norte, é a descascar
Se está de Sul, é a filosofar
Se não fazer vento,estás prontinha ao amor!!!

Moonwisher disse...

Seja lá o que for que escrevas... Eu gosto!
O vento passou por mim e disse-me que tinhas escrito... por isso vim espreitar!!!
Será necessário dizer alguma coisa mais sobre a tua escrita?... não acho que seja...
Bj grande.
(ainda sem pc mas vou aparecendo)

joserios1983 disse...

Oi!...

Bemm... adorei este poema! muito bonito mesmo!... parabéns!! continua nunca pares de escrever! ;)

Beijos**** fica bem!!

nandaeal2008 disse...

olá
amei aqui parabéns venho te desejar um bom final de semana
te oferecer o selo de inauguração e award do blog com carinho
até mais...
xau

http://-amoreterno.zip.net/

Kotta disse...

Sonhos, perdi a coisa que actualmente me dava muita alegria que era o meu blog. Estou a tentar salvar alguns textos mas sinto-me muito desmotivada. Os comentários jamais os recupero mas queria recuperar os meus seguidores.Sinto uma tristeza enorme e isto não tem explicação.Eliminar assim sem mais nem menos.Obrigada Bjo.

André Couto disse...

Continuas a fazer-nos sonhar...

Não deixes que a inércia do quotidiano te afecte ao ponto de não mais seres capaz de sonhar, pensar e escrever.

Tentarei fazer o mesmo embora há bastante que não o consiga.
É um prazer indescritível ler as tuas palavras e com elas a tua alma.

Já agora, deixei-te uma "meiguice" aos teus blogues lá no meu cantinho.

Beijo grande e onírico.

sonhos/pesadelos disse...

Kotta,sabe que a adoro,não sabe?
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Lia,sou o que escrevo sim,será bom ou mau?nem eu sei... és linda!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Antonio,meu doce amigo, de todos o que me conheçe melhor! joia que guardo com carinho...
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Moonwisher, já sentia a tua falta nino!! pronto para uma partida no tapete? ;)
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

JoseRios,escreves sobre o amor como ninguém...um bem haja para ti!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

nandaeal2008, obrigada pelo carinho e visita!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

Kotta, no que depender de mim havemos de o resolver!!! estou aqui para si, sabe disso!
bjs endiabrados

sonhos/pesadelos disse...

André, já estava pronta a puxar do cutelo e cortar-te a cauda!!!!
dá vida ao teu blog...a tua vida!
aguardo...
bjs endiabrados

e obrigada pelo miminho miau!

Anjo Negro disse...

"Hoje imagino-os como nunca foram antes...
Antes hoje que ainda as posso sentir...
do que o dia que não sei o que vem a seguir..."

Linda, como sempre as tuas palavras despertam sentimentos...
Diz-me, ias mesmo querer saber o vem a seguir???? Hum, acho que não... e bela da vida? a surpresa do amanha???

Beijos minha linda do teu Anjo Negro

Enviar um comentário